sábado, 5 de novembro de 2011

Operação Bebê da Si - Foi dada a largada... Parte 1

         Ainda estou pensando o motivo real de ter criado esse blog, poderia começar apenas com um simples diário ou achar uma melhor amiga para confidenciar minhas angústias, frustrações, alegrias, tristezas, choros, risos... enfim, ainda não sei se alguém vai ler ou acompanhar, mas o fato é que escrevendo aqui, mesmo que seja somente pra mim, já valerá a pena. Desde abril de 2011 resolvi que já tinha chegado a hora do meu tão sonhado bebê vir ao mundo, afinal, minha vida profissional, acadêmica e pessoal já estava nos eixos.
Aliás, começou bem antes disso, meu sonho era ser mãe até os 25, mas devido algumas imaturidades, privações e acontecimentos da vida, acabei deixando de lado essa vontade, mesmo que dia após dia o meu querido e amado relógio biológico dispertasse na minha cabeça, "é hora de ter um bebé, sua hora chegou, bé bé bé béééééééé". Em 2010, resolvi trocar por conta própria mesmo de anticoncepcional, afinal, os avanços farmacêuticos são tantos e porque não utilizar um de baixa quantidade de hormônio. Lembrei então do meu primeiro GO, Dr. Hélcio me receitando um fabuloso, mas o zóio da cara de tão caro pra época, tomei por três meses e depois fui pro mais baratinho, afinal, eu era adolescente, estagiária, ganhava uma miséria (fato que eu era mesmo escraviária rsss) enfim, anos depois, quando já tinha dinheiro pra começar a tomar o tal AC caro, comprei 3 cartelas, achando que estava fazendo um grande negócio (e estava mesmo, mas não imaginava o que poderia ocorrer...) o bendito me deu uma alergia enorme nas mãos, nos pés, pernas, braços... parecia sarna kkkkk... fui no dermatologista e ele foi taxativo. É O AC. E agora? Vou vou fazer o que com as ultimas cartelas?? (enviar lá de certo kkkk), enfim isso era o de menos, o pior estava por vir. Acredita que o sr. Mister M (Miss Red se preferirem rss) resolveu dar as caras por nada mais de 45 direto...
Procurei uma GO (e até hoje estou com ela pq ela é bacana e atenciosa tudo que uma mulher precisa) e ela disse que tinha duas opções, ou eu tomava uns hormônios para tentar regular o Mr. M (e virar a mulher macaca) ou eu parava de tomar AC e deixava meu próprio organismo fazer seu trabalho. Claro que optei pela segunda opção, afinal eu não queria nem a pau virar atriz do planeta dos macacos....
Eu e meu maridinho lindo claro, se  previnimos a nossa maneira (tabelinha, coito interrompido) e então em fevereiro de 2011 era pra ter vindo e o Mr. M nada de aparecer. Veio março e nada e é claro que eu achei que estava com um bebê a bordo. Mas nada aparecia no ultrasson... vários negativos... até que triste notícia veio.
Vc está com um cisto no ovário direito. Por ser um espaço pequeno se o óvulo foi fecundado ali dificilmente a gravidez (e nem pode ser chamado de gravidez) vai progredir e vc terá o risco de perder o óvario. Na primeira semana de abril fui na minha médica e ela disse que era normal acontecerem casos assim, e que o próprio organismo se encarregaria de expelir, mas caso não fizesse ela estaria marcando uma curetagem para sugar dali.
Chorar foi pouco, a tristeza naquele dia padeceu sobre meu ser, como pode aquilo ter acontecido comigo? Bem no dia 13-04, vespera de aniversário eis que ocorre o tal aborto espontâneo. Que presentão hein...

Desde esse dia eu peço para Deus mandar meu anjinho de volta pra mim...

Já fiz exames de todos os tipos (até a Histerosalpingografia que dói pra caramba) e está tudo certo e com meu marido tb (ele já tem 2 filhos do primeiro casamento) então minha médica disse que agora é ter calma e ir treinando... Agora decidi documentar tudinho para não passar nada.

Já já vem a parte 2

Bjos!
Si

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico feliz pelo seu carinho!
Beijos, Simone.

Voltar ao início!

Melhores amigas virtuais!